Nostalgia Sempre

perguntas? ...   Jordanna Monteiro Casara, 18 anos . Porto Velho-Ro .''Só quem me conhece a fundo sabe. É que sou o tipo de gente que todo mundo pensa que conhece. Mas se enganam feio. Pouquíssima gente me desvenda. Mostro só o que quero. Não por maldade, mas por proteção''

"O imprevisto acontece e alguém te encontra. E te reecontra. Te reinventa. Te reencanta. Te recomeça."
Gabito Nunes.  (via motivando)

(Fonte: sua-vagabunda, via motivando)

— há Há 2 dias com 45469 notas
"O rádio toca canções de amor, enquanto o telefone permanece mudo e as paredes seguem paradas e estáticas."
Charles Bukowski. (via involuntus)

(Fonte: desalentou, via involuntus)

— há Há 2 dias com 1842 notas
"Adoro o sorriso dela, adoro os cabelos dela, adoro o jeito que às vezes ela lambe os lábios antes de falar, adoro o som da risada dela, adoro a aparência dela quando ela dorme, adoro pensar nela e adoro o jeito que ela faz eu me sentir, como se tudo fosse possível, como se a vida valesse a pena."
500 dias com ela. (via motivando)

(Fonte: auroriar, via motivando)

— há Há 2 semanas com 47475 notas
"Não afeta mais, perdeu a força e a importância."
Gramaticas. (via gramaticas)

(via gramaticas)

— há Há 2 semanas com 6814 notas
"Você pode encontrar muita gente pelo caminho. Muitas enganações, muitas promessas, muitos beijos, muitos corpos e corações. Mas a gente sente quando ele, o amor, chega pra ficar. Você sente pela sensação de conforto que ele oferece. Pela calma. Pela paz. Por ajeitar tudo lá dentro do peito. É que as paixões nos bagunçam. Nos desarrumam. O amor arruma tudo. O amor faz uma faxina emocional. O amor deixa tudo limpo, novo, claro. A paixão dá uma sensação de poder, faz o chão sacudir, seu corpo balançar. O amor traz segurança, tranquilidade. O amor é sereno. Durante muito tempo eu quis sentir aqueles efeitos e reflexos de paixões. Elas arrebentam, arrebatam, atormentam. O amor, não. O amor tem o mesmo efeito de um abraço bem longo e apertado. Ele te deixa com a cabeça nas nuvens e os pés no chão. É que amar é ter os pés no chão. Olhar para a frente junto com o outro. Amor é realidade, dia a dia, dificuldade. Amar é vencer uma batalha todo santo dia. Porque não é fácil conviver com alguém. Não é fácil dizer olha, te entrego meu coração, meu sentimento, minha emoção. Olha, cuida bem de mim. Cuida do que eu sinto. A gente tem que baixar a guarda, engolir o orgulho, se deixar levar. Se perder para se encontrar. O amor é um encontro. De você com você mesmo. Amar é se ver nos olhos do outro. Mesmo que ele esteja com os olhos fechados."
Clarissa Corrêa.  (via reclinado)

(Fonte: abbsent, via reclinado)

— há Há 2 semanas com 4436 notas